8 de mar de 2009

O que sobrou da atenção que me alegrava

Por ter saudades de todos os tipos
com sujeito
verbo
predicado

crer em promessas de tempos em tempos
ontem
hoje
amanhã

jogar ao alto minhas escolhas
impulsivas
incertas
urgentes

perder-me em devaneios e lembranças
negligentes
fugidias
esmaecidas

lamentar a sorte do meu destino
inoportuno
atrasado
displicente

nem vi quando passaram por mim os olhares
o seus
os deles
todos

Segui meu passo sem me importar
meio inquieta
assim insatisfeita
totalmente irreconhecível