22 de dez de 2008

What do I care?

and I...
need you pure

Just the man I recognize that night
Through the boy living deep inside those green eyes

11 de dez de 2008

Merece registro

A frase é do Braga, mas quem contou foi a Mariana:
"O fundo do poço sempre tem um alçapão"

10 de dez de 2008

adormeço

Mais do que sonho ou desejo
Sinto-me tonta, enternecida,
quando, na madrugada, tuas mãos
são meu único vestido.

E abraçam, sorrateiras, à chegada da manhã,
Todo o pudor derrubado
ao abrir da porta;
todo o pudor descoberto
a meu pedido.

E com esse manto em mim tecido,
em que descansas pousado,
eu reconheço momentos doados,
inesperados, incertos e vivos